quarta-feira, fevereiro 25, 2009

Kikas, a impulsiva

Agora diz-se que Kikas Maria é impulsiva, que diz o que lhe vem à cabeça numa fracção de segundos e sem pensar nas consequências, que é de "sangue quente" e de pouca calma.
O que se deveria dizer é que Kikas Maria não tem sangue de barata! Isso é que era o correcto! Que não deixa passar nada em branco, que faz justiça no imediato e não leva desaforo para casa como recordação!
Diz-se, também, que não é mau-feitio, é máscara.
Porque se deveria também dizer que Kikas Maria já passou por algumas experiências que enrijaram a "carapaça".
E, principalmente, porque se sabe como é Kikas Maria no seu interior. Só lá entra quem ela deixa e, quando se consegue isso, muito dificilmente se sai.
Sempre se disse que Kikas Maria era difícil. De ser, de querer, de agradar.
E ainda bem que assim é. Porque Kikas é Maria, sim. Mas não é "Maria vai com as outras".
UPEDEITE (26/02 - 13H 30) - e de um impulso saiu a luz, os esclarecimentos, o entendimento necessário. Vês como nem todos os meus impulsos são para destruir? O que iremos construir, a partir daqui, só o tempo o dirá.

4 comentários:

André disse...

Não é defeito, é feitio! :)

Ju disse...

Grande Kikas Maria, assim é que é!
Tu vais aprendendo.
B.Ju

Maria Manuela disse...

Go Kikinhas Maria, Go...

Já chega de comer e calar.

bj

Maria Manuela disse...

Deixa-me o teu e-mail em

mm.apartamento@gmail.com

bj