quinta-feira, dezembro 18, 2008

Calem-me esta gaja!!!

Já não posso ouvir esta Rita Pereira e mais à porra da novela que faz em que dá ares de muito entendida em cavalos, equitação e na arte de montar (bem... aqui até é bem capaz de saber mais que eu, que o Angélico não dá ares a menino de coro! Ah ah ah!!!)

Mas o que é que esta gaja, descoberta nas areias da Figueira da Foz a passear biquínis, percebe de cavalos??? Esta gaja, que só depois de ter assente a peida no lombo de um dos nobres representantes da espécie equina, é que percebeu, finalmente, o que era um cavalo!

"Vá, calcanhares para baixo!"

"Vá, o cavalo tem de saber quem é que o está a montar!"

Vá, vá... vá mas é para o c&%&%& que a f&%$ porque de cavalos não percebe um boi (até dúvido que consiga distinguir entre os dois) e vá mas é pavonear-se para as areias da Figueira que de lá nunca devias ter saído!


Ó que c&#$=&@!!!

O que uma pessoa tem de aguentar na vida... f&%@-se!!!
Já não chegava a Isabel Angelino, sai-me mais uma na rifa!

sábado, dezembro 13, 2008

Aiiiiiiiiiiiiiiiiii.........................................................

Estou a ser atacada por um vírus muito, mas mesmo muito, mau... o vírus da:







PREGUICITE AGUDA!!!!





Help?






segunda-feira, dezembro 08, 2008

Crises...

Ela é a crise do sector imobiliário.
Ela é a crise do sector bancário.
Ela é a crise financeira.
Ela é a crise do sector automóvel.
Ela é a crise dos combustíveis.
Ela é a crise na educação e sobre o modelo de avaliação dos prof's.
Ela é a crise no mercado de trabalho.
Ela é crise, crise, mais crise e só crise.

Pois eu também teria de ter a minha, claro está, porque sou invejosa e também quero ser parte do grupo e ir com a carneirada.

Mas eu tenho a minha, há pois é!
E ela é a Crise de Identidade.

quinta-feira, novembro 13, 2008

A tradição "quase" é o que era...

Tradição de S. Martinho é assar as castanhas e provar o vinho.

No meu caso, a minha tradição não corresponde bem à tradição do ditado. Quer dizer, de há uns anos para cá não corresponde mesmo é a nada! Vinho não gosto e as castanhas fazem-me gases :-)

A minha tradição era outra... bem mais gira e bem mais castiça! Feira da Golegã, de S. Martinho ou Feira Nacional do Cavalo, chamem-lhe o que quiserem. É à vontade do freguês! Até porque o local é sempre o mesmo: o Largo do Arneiro, da famosa vila da Golegã! E aí é que está o espírito da Feira!

Não há cavaleiro, amazona, cavalista ou cavalgadura que não saiba o que é nem tenha lá ido, pelo menos, uma vez que seja na vida. É tão obrigatório como ir a Roma e ver o Vaticano. É uma obrigação da tradição de quem "vive" os cavalos. Não há volta a dar-lhe, todos os caminhos vão dar à Golegã, nesta semana de Verão de S. Martinho.

Há anos que não vou lá... desde que deixei de montar, praticamente. Ir "a pé" à Feira da Golegã não tem o mesmo sabor do que ir "a cavalo". Até porque quem sempre fez a Feira "a cavalo" não a sabe fazer de outra forma. Sem cavalo, não é Feira.
E Kikinhas sem cavalo na Feira da Golegã não é Maria e a Feira sem Kikinhas Maria não é Golegã.

Kikinhas ainda tem o capote e o chapéu de aba larga, recordações de tempos em que ser Marialva lhe estava mais presente no pensamento e na mania.

E como o pensamento tem avanços e retrocessos, Kikinhas já sacudiu o pó às peças de marca da "Impostorice" e vai beber o seu abafadinho da praxe!

Para quem quiser partilhar desta impostorice marialva com toques de cinderela, sábado, no Arneiro da Golegã, lá estará Kikinhas "quase" Maria a passear o seu chapéu e capote!



Imagem roubada de algures....

sábado, novembro 08, 2008

The Kikinhas spell

Volta a dizer-se, por aí e à boca pequena, que Kikinhas Maria tem algo de mágico, de feiticeiro, de bruxedo até! Quem diz? Ora, dizem! E é o bastante! Gosto pouco que falem de mim e, por isso mesmo, venho aqui afirmar, jurar, declarar sob compromisso de honra que não fiz nadinha!

Eu fui uma menina educada, eu cumprimentei toda a gente com um sorriso sincero na cara, eu fui uma boa conversadora toda a noite, eu não dei mostras do meu desagrado pela sua presença na sala, eu partilhei da boa-disposição de todos... e ia descansadinha à minha vidinha de trabalhadora-estudante, como se não me tivesse cruzado com ele.

Ele… bem, já ele… ele não. Ele não conseguiu resistir e deixou cair a máscara… Como a mentira tem a perna curta, voltei a apanhá-lo em falso assim que abri a mensagem e reconheci o seu número. Afinal, o meu número de telemóvel não foi apagado, como ele dizia... Está lá. E estará sempre. Porquê?

Temos pena, amor, mas eu não sei viver atrás de máscaras. Se tu não tens coragem para enfrentar as situações, não penses que algum dia conseguirias que me sujeitasse a elas, pela tua cobardia. Não. Ao longo dos meus 29 anos aprendi a viver com as consequências dos meus actos. Aprendi a assumir as minhas atitudes e as minhas vontades. E aprendi, acima de tudo, que é impossível construir uma relação de confiança com alguém que antes me mentiu. Mas há quem consiga, pelos vistos, e ainda lhe chama “Amor verdadeiro”. Eu chamo-lhe cego, idiota e destruidor do amor-próprio. Mas também lhe chamo “Um grandessíssimo par de cornos, que dava para lavrar terra suficiente para dar pão a Portugal inteiro.” Ora, como a única parte do sector primário que eu gosto mesmo muito e pelos quais faço sacrifícios, são só os cavalos, então ela que trate do resto.

Foda-se pá… se eu tenho esse “feitiço” sobre ti, porque é que não consigo encontrar o antídoto para mim?

Imagem roubada descaradamente daqui.

sexta-feira, outubro 31, 2008

Halloweening around...

Diz que é 31 de Outubro e que é dia das Bruxas.

Ok.

Vou tirar o pó à vassoura e fazer um Halloweening around the city!

Até jáááááááááááááááááááááááááááááá!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


domingo, outubro 19, 2008

O 29º degrau!

Sim, estou bem!
Sim, ainda estou viva!
Não, ainda não é desta que fecho o blog!
Não, ainda (oooooooohhhhhhhh) não foi desta que me internaram :-)
Só tenho andado assim... desaparecida! O que ultimamente tem sido um bocadinho mais frequente que o habitual pois a inspiração tem andado fugídia também. Quando não se tem férias há 1 ano e se é trabalhador-estudante, é normal que existam dias em que nem nos apeteça tirar o cú da cama... mas, dia após dia, lá vamos levando a nossa vida, mantendo rotinas e somando horas atrás de horas. Apesar disso, outras coisas vão acontecendo...
Há cerca de um mês, subi ao 29º degrau da vida. Aquele degrau que, nem é carne nem é peixe, nem é novo nem é velho (conceito que, hoje em dia, não pode ser analisado tão linearmente).
Dizia, nesse dia, o meu horóscopo, que iria ter ínicio um novo ano. Estranho... mas não é suposto o ano começar às 00h do dia 1 de Janeiro? Bem, ao que parece não... ao que parece, para mim, o novo ano começa às 13h 45 de um dia a meio de Setembro (até nisto a Kikinhas Maria tinha de ser diferente, eh eh eh).
Pelas palavas desse sábio, será um momento de renascimento e de renovação e, assim sendo, sugeria que fizesse novas resoluções para esse novo ano. Mas... fiz tantas resoluções e planos no passado que saíram furados, para quê chatear-me agora com isso?
Não. Não vou "resolver" nada. Não vou planear nada.
E o que for, será!

sábado, setembro 20, 2008

Meu nome é MULHER

Recebi este poema por e-mail, não sei quem é o autor, mas achei que valia a pena o "plágio" e partilhá-lo com a blogosfera.

No princípio eu era a Eva
Criada para a felicidade de Adão.
Mais tarde fui Maria
Dando à luz Àquele
Que traria a salvação.
Mas isso não bastaria
Para eu encontrar perdão.
Passei a ser Amélia
A mulher de verdade
Que para a sociedade
Não tinha a menor vaidade.
Mas sonhava com a igualdade.
Muito tempo depois decidi: Não dá mais!
Quero minha dignidade
Tenho meus ideais!
Hoje não sou só esposa ou filha:
Sou pai, mãe, arrimo de família
Sou caminhoneira, taxista,
Piloto de avião, policial feminina,
Operária em construção....
Ao mundo peço licença
Para atuar onde quiser
Meu sobrenome é COMPETÊNCIA
E meu nome é MULHER..!!!!


terça-feira, setembro 16, 2008

Kikas, a otária

Numa de virar a página (ver post anterior) e começar de novo, esquecer-se que sofrer faz parte da vida e cair e levantar até pode ser engraçado, Kikinhas Maria deu mais uma ar da sua estupidez ao confundir amizade profunda com algo mais... outra vez.
E, como lá diz o ditado "Burro velho não aprende línguas", Kikinhas Maria voltou a por o carro à frente dos bois e disse o que não devia ao amigo do coração.
F...deu-se! O sentimento só tinha uma via: a de ida. Não tinha retorno.
Fica assim provado que Kikinhas Maria não é burra. É mula mesmo.

sexta-feira, setembro 12, 2008

Diz que é ressabiamento...

... mas eu digo que sou mordaz!

Aliás, não foi isso que te atraiu em mim?

Recados Para Orkut


As verdades são duras, não são?

Temos pena.

quarta-feira, setembro 10, 2008

Mais cavalos


Depois do "Apassionata" visitar Lisboa, pelo 2º ano consecutivo com 2 espectáculos diferentes, um dos fundadores do Cirque du Soleil traz a Portugal o "Cavalia".
A mesma inspiração, o mesmo tema, uma diferença: a qualidade inegável dos espectáculos com a marca Cirque du Soleil.




Quanto ao preço dos bilhetes... bem, vão lá ao site oficial e depois conversamos!


P.S.: F&%$-$&!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

quinta-feira, setembro 04, 2008

Away.................

Por motivos de imperiosa força (isto quando os aviões caem dá cá uma trabalhêra...) e do internamento prolongado do portátil e de 3 exames a serem preparados e de férias (essa merda existe???) nem vê-las, este blog tem andado assim a modos que... esquecido.

Foto by Deviantart

sexta-feira, agosto 22, 2008

Uma grande verdade...

"Quando damos uma oportunidade às pessoas e as deixamos retratarem-se dos seus erros, grandes coisas acontecem e eu sou o exemplo perfeito disso." disse Eric Lamaze, cavaleiro canadiano vencedor da Medalha de Ouro Individual em Saltos de Obstáculos. "Não podemos desistir das pessoas, elas podem fazer coisas fantásticas nas suas vidas, não importa o que tenha acontecido anteriormente."

in Portal Equisport, 22/08/2008

Eric Lamaze fora afastado, por duas vezes, da Equipa Olímpica do Canadá por consumo de cocaína. Recorreu das sentenças e venceu, no tribunal, vencendo agora a mais dura batalha de todas que um ser-humano pode travar: a da vida.
Em Pequim, Lamaze levou para casa o Ouro Individual e a Prata por Equipas, na disciplina de Saltos de Obstáculos.
Escolhi escrever este post não porque apoie o que o atleta fez no passado mas por aquilo de que tomou consciência: errou, falhou e trabalhou para se redimir. Teve a oportunidade e agarrou-a. Outros há que têm as oportunidades e deixa-nas ir. Outros há ainda que, por mais que procurem uma oportunidade, ela não aparece.
Todos nós, num passado mais ou menos distante, cometemos erros ou falhamos nos nossos objectivos. Infelizmente, não depende tudo de nós. Conseguir ultrapassar os obstáculos da vida, contornar os dissabores e superar as derrotas depende também daquilo que os outros (sejam eles pessoas do domínio público ou privado, com responsabilidade estatal ou não) nos permitam fazer.
É que, às vezes, deparamos com obstáculos maiores que montanhas.
E muitas vezes são os nossos semelhantes que os colocam...

segunda-feira, agosto 18, 2008

Lusitanos Olimpicos

Bem, para quem acompanhou as provas dos nossos Lusitanos sabe que pouco mais se podia esperar da sua participação. Chegar às medalhas, neste desporto, implicava um maior investimento financeiro e uma outra visão sobre o desporto, que em Portugal se resume ao esforço pessoal de cada atleta, seja em que disciplina for.
No caso do hipismo, essa abordagem implica um sem número de coisas (que não vale a pena especificar para não ferir algumas susceptibilidades). Para quem anda no meio ou conhece minimamente este desporto só terá uma linha de pensamento: "Somos portugueses contra alemães, holandeses e finlandeses e montando Lusitanos contra Hanoverianos, KWPN e Holsteins. Chegar aos Jogos Olímpicos com cavalos Lusitanos já é uma Medalha de Ouro conquistada!"
Para quem não conhece nada deste meio a única coisa que pensará é: "Bolas pá, não fazem nada... andam lá a gastar o dinheiro dos contribuintes só para passear!" A esses, os amantes, praticantes e profissionais dos cavalos respondem: "Até parece que no futebol se faz alguma coisa de jeito..." Enfim, será sempre a eterna guerra...
Fazendo o balanço final, podemos dizer que no todo até foi positivo. Alguns percalços no caminho, com o Nilo V.O. (Brasil) a ser eliminado na avaliação veterinária e a Oxalys da Meia-Lua (Portugal) a empinar-se a meio da prova, assustada com o monstruoso monitor de projecção, que aumentava os bichinhos em 10x... situação pela qual também passou Stachmo, da campeã alemã Isabel Werth e quase a fez perder o Grande Prémio Especial... já nos treinos vários cavaleiros se haviam queixado à organização contra o monitor, inclusivamente Stachmo se havia empinado de tal maneira que, por sorte, não caiu sobre as costas...
Há que não esquecer que aqui competem dois seres vivos, com vontades diferentes e que a vontade do animal é mais dificil de gerir do que a vontade humana... no entanto, há vontades de ferro. Hayley Beresford é dona de uma delas: há três anos foi-lhe diagnosticado cancro da mamã e apesar dos violentos tratamentos a que esta doença é sujeita, nunca deixou de montar o seu Relâmpago e prepará-lo para estes Jogos Olímpicos.
Essa vontade levou Relâmpago do Retiro a conseguir um brilhante 19º lugar no Grande Prémio Especial.
No final, o balanço da participação foi esta:
GRANDE PRÉMIO ESPECIAL
Hayley Beresford c/Relâmpago do Retiro (AUS) - 19º lugar
GRANDE PRÉMIO
Hayley Beresford c/Relâmpago do Retiro (AUS) - 26º lugar
Daniel Pinto c/Galopin de la Font (POR) - 33º lugar
Carlos Pinto c/Notável JCL Puy du Fou (POR) - 39º lugar
Luíza Almeida c/Samba (BRA) - 40º lugar
Leandro Aparecido c/Oceano do Top (BRA) - 43º lugar
Miguel Ralão Duarte e a sua Oxális da Meia Lua retiraram, pois o valente susto da Oxális seria fortemente penalizado, para além de a ter desconcentrado totalmente e ter perdido a capacidade de executar o resto da prova nas mínimas condições.
Nestes Jogos Olímpicos, contudo, ficou a mensagem de que o Cavalo Lusitano tem um enorme potencial a ser desenvolvido. Foi a 2ª raça com maior número de cavalos presentes (bem à frente de nuestros hermanos, com o seu Fuego XII - 16º lugar da geral e único Pura Raza Española) e representou 3 países: Portugal, Brasil e Austrália.
Há ainda um longo caminho a percorrer mas, para isso, era preciso que o Estado e a Nação fossem outros. Ao contrário de que acontece em Portugal, Fuego XII é propriedade do Estado Espanhol... se o mesmo acontecesse em Portugal, nem nos aos Europeus chegaríamos....

segunda-feira, agosto 04, 2008

Selecção Lusitana!

Jogos Olímpicos, para mim, têm um significado muito especial. Não apenas por terem feito parte dos meus sonhos de criança (oh meu Deus, como as crianças têm uma capacidade estupidamente grande de acreditar...) como valem muito mais do que Euro's e Mundiais de futebol (pronto, ok, há lá umas carinhas loracas e umas peitaças e pernocas que eu não me importava de conhecer pessoalmente mas estamos a falar de desporto e da representação da nossa bandeira e de ouvir o nosso hino e tal e tal). E não falemos dos Para-olímpicos que, esses sim, me enchem de orgulho e motivação para não me queixar da vida!

Esta edição, para mim, é muito mais especial (lá se vão as minhas horinhas de sono...). Por vários motivos:

1º - temos a maior participação de sempre, em número de atletas;
2º - temos 3 cavaleiros a defenderem as nossas cores na disciplina de Dressage;
3º - estes 3 cavaleiros têm como parceiros de equipa 3 cavalos LUSITANOS;
4º - a selecção brasileira também será representada por 3 cavaleiros, montando, TODOS eles cavalos LUSITANOS;
5º - pela selecção australiana irá também tem na sua equipa um cavalo LUSITANO a defender a bandeira do país dos cangurus.

Contaram bem??? São 7!!! SETE CAVALOS LUSITANOS nos J.O.!!!!
Ou seja, é a 2ª raça com maior expressão nos J.O., atrás dos Hannover (alemães)!!!
Há 15 anos, o Lusitano era um perfeito desconhecido, pouco mais servia do que para toureio.
Agora é a 2ª raça com mais representantes nuns J.O.. Isto demonstra bem as suas capacidades e o esforço que, finalmente, se tem feito para o seu apuramento/melhoramento, divulgação e promoção. Uma aposta efectivamente ganha, independentemente dos resultados que venham a alcançar nestes J.O.!

Digam lá se não é motivo mais do que suficiente para perder umas horas de sono e assistir às suas provas??
Independentemente do país que representam, estou a torcer por eles! Torçam vocês também! Não somos só feitos de Futebol...

Aqui vai o portfólio da SELECÇÃO LUSITANA ;-)

Portugal

Miguel Ralão Duarte com "Oxális da Meia-Lua"


A importância da sua participação é tanto maior se tivermos em conta que a sua montada é uma égua, animal muito pouco considerado pelos criadores nacionais que consideravam apenas as suas características morfologicas para a procriação. No entanto, de há uns anos a esta parte, temos assistido a uma alteração das mentalidades que entenderam que um bom cavalo tem de ter um bom pai e uma boa mão, tanto morfologicamente como desportivamente.

Carlos Pinto com "Notável JCL Puy du Fou"

"Notável JCL Puy du Fou" é um Lusitano, nascido em Portugal, de 14 anos, e que trabalha em conjunto com Carlos Pinto há apenas 3.
Carlos Pinto é o irmão mais velho de Daniel Pinto, o 3º cavaleiro da nossa Selecção, e o representante mais velho de toda a Comitiva.


Daniel Pinto com «Galopin de la Font»

Este cavaleiro regressou a Portugal há 7 anos, é treinado por Kyra Kyrklund (cavaleira olímpica filandesa e presente em Hong Kong) está a trabalhar arduamente na promoção e desenvolvimento desportivo do Cavalo Lusitano.


Daniel Pinto fará a sua 2ª participação em Jogos Olimpicos. A 1ª foi em Sidney 2000, com o fantástico "Weldon Surprise", cavalo de raça Hannover, e que obteve o 27º lugar da geral.





















Austrália

Hayley Beresford com "Relâmpago do Retiro"

Hayley vive e monta na Alemanha, com Isabell Werth, também ela elemento da equipa de Dressage mas a defender as cores da Alemanha, e amazona n.º 1 do Raking Mundial.



"Relâmpago do Retiro" é um Lusitano nascido no Brasil, filho de um garanhão importado e está apenas há 3 anos a competir na Europa, o que demonstra a grande vontade desta raça, em colaborar com o seu cavaleiro e a sua aptidão natural para esta disciplina-base de toda Equitação.

Hayley chegou mesmo a dizer: "Estou realmente muito feliz em ser parceira de um cavalo tão especial. Muitas vezes dou comigo a conversar com ele nas boxes."


Brasil

Leandro da Silva com "Oceano do Top"


Também "Oceano do Top" é um Lusitano brasileiro, filho de um garanhão importado. É criação da Coudelaria da Meia-Lua, do Tonico Pereira, que foi um dos primeiros embaixadores da raça lusitana no Brasil.

Leandro já havia defendido as cores do Brasil com um Lusitano nos Jogos Pan-Americanos, em 2003.


Rogério Clementino com "Nilo V.O."

Mais um Lusitano e este com uma história peculiar: era apenas cavalo de passeio da coudelaria Ilha Verde (São Paulo, Brasil) e já havia sido dado como presente, pelo seu criador, em duas ocasiões e até vendido, sendo recomprado pelo criador por R$ 15 mil. Quando Rogério começou a trabalhar nesta Coudelaria, pediu para montá-lo e, ao fim de apenas 6 meses, tornou-se campeão do Brasil.


Este cavaleiro, bi-campeão de rodeo em 2006, consegue a proeza de ser o 1º negro da história da Dressage a nível Olímpico, tendo começado a praticar esta disciplina há apenas 7 anos.

Luiza Almeida com "Samba"

Esta miúda (sim, tem apenas 16 aninhos), acumula a proeza de ser a mais jovem cavaleira de todos os tempos no hipismo a atingir um patamar tão elevado.



"Samba" é um Lusitano importado para o Brasil e tem APENAS 9 anos.
(imagens gentilmente cedidas pelo GOOGLE :-D )
(Desculpem o atraso na publicação mas o portátil foi internado e trabalhar e pesquisar não dá lá muito jeito...)

terça-feira, julho 29, 2008

1ª resolução de Ano Novo quebrada

Alegria, alegria!!! Terminei mais um semestre!!!
Mas não... não é "Praia, sol, férias: aqui vou eu!"
Vou continuar na senda do estudo do Direito (e da "torta" da disciplina de Liderança e Gestão de Equipas, cuja queridissima e PhD íssima professora me rasteirou) porque em Setembro já me esperam novos exames... oh vida cruel!!!!
Mas o post, para além de dar conta de já estar em contagem decrescente para o 3º (e ÚLTIMO, IUPIIIIIIIII) ano académico, também dá conta da 1ª resolução de Ano Novo, formulada quando o Ano Velho quase batia as botas, que não se concretizou... esta aqui:

"- atirar-me aquele colega de faculdade que olha para a minha tromba feia com uns olhinhos amorosos e que a 1ª vez que me chamaram a atenção para ele, eu disse "Estão parvas????" (mas isto é só da boca para fora porque a verdade, a verdade é que não tenho lata nem jeitinho nenhum para isso ;-))"
Pois, tal como eu dizia na altura e volto a repetir, Kikinhas Maria não tem unhas para se atirar a um gajo porque, vá se lá saber porquê, a garganta é bem maior que a atitude e Kikinhas Maria já levava uns estalos na cara a ver se acorda e se se esquece, de uma vez por todas, que os homens não são todos iguais. Mas se a Kikinhas Maria, de cada vez que lava a cabeça, desse também uma lavagem nos neurónios, já lhe tinha passado esta mania de se esconder do Mundo.
Como o champô não serve para esses 2 efeitos, temos pena meus amigos, mas verem a Kikinhas Maria a bater couro a um gajo, há-de ficar para uma outra oportunidade.

segunda-feira, julho 21, 2008

Meu Querido Pai Natal...

... eu sei que ainda vamos a meio do ano, que faltam mais 6 meses até ao Natal e que agora estás de férias merecidas (é melhor dar-lhe graxa) por uma dessas praias fantásticas da América Latina ou da Polinésia Francesa, com o teu mega-barrigão para o ar e com uma bela águinha de côco na mão... ou uma caipirinha.... ou uma marguerita... ou um malibú... ai ai.... (foca-te Kikas, foca-te!).
Bem, dizia eu que ainda falta um bocadinho para o Natal mas eu resolvi antecipar-me (porque gaja prevenida vale por duas... ou três!) e antes que ficasses entupido de e-mails com os pedidos dos putos, faço-me já ao caminho. Até porque eu este ano quero uma prenda à séria!
Nestes meus X para Y anos (queriam saber quantos tenho, não era? pois mas isso é cá comigo e com o Pai Natal... segredo mais do que de Estado!), que até ao Natal junto mais um ao rol... shuinf, shuinf... tenho sido uma menina muito bonita e bem-comportada e estudiosa e por aí fora que eu sou uma gaja muito prendada e não preciso estar para aqui a publicitar-me senão não me largam a porta!
Pronto, voltando então ao meu pedido. Eu gostava que, este ano, me pusesses assim uma coisa gira, super a ver comigo e bombástica, no meu sapatinho (tamanho 38/39, dependendo da forma).
Deixo-te aqui umas quantas sugestões, porque fica bem dar-te várias opções de escolha e não ser caprichosa e mimada, para que que possas ir juntando os trocos, sim?
Obrigada, um beijinho no alto da testa e outro na bochecha direita e continuação de boas férias! Vemo-nos no Natal!
Kikas

Audi R8 - 148.000€ (o mais baratinho!)


Audi TT Roadster - 44.000€ (pode ser mesmo em branquinho ou marfim, achei uma fofura!)



Audi Q7 4.2 V8 350 CV - 111.500€ (pretinho, assim com estes estofos de cinderela, lindinho)



BMW Série 6 M6 cabrio - se puder ser com os estofos em beige, agradecia!


P.S.: se não tiveres troquinhos que cheguem, eu contento-me com isto:

É mais económico de manter, mais ecológico e é mais lindoooooooooo que os outros todos ;-)

segunda-feira, julho 07, 2008

Como diria Amália....

obrigado, obrigado... obrigado... obrigado...

A Anyone fez-me este agradozinho, para me motivar nos estudos e a continuar aqui com a minha xafarica!

Já ali está, bem à vista de todos, a prendinha dela! Não é uma querida?

E como sou uma menina de bons principios, andei na catequese e tudo e a mammy sempre me ensinou que quanto mais se partilha maior retorno se tem, vou distribuí-lo pelos meus queridos visitantes:
E a todos os outros passantes!

quinta-feira, julho 03, 2008

Out...

Este é o estado dos meus neurónios, até dia 18, pelo menos... ontem já encostei um... até dia 18 acho que encosto os outros de vez :-((

sexta-feira, junho 20, 2008

--------------------------------------------

Este é o meu estado quanto ao resultado da participação da Selecção neste Euro.


--------------------------------------------------------------------------------


Não vou comentar, vou-me abster, ficar caladinha, não dar um pio, não dizer um ai, nem dar um p... sequer.


Estou furiosa, furibunda, f...ecundada (para não dizer f...d...da mesmo) com estes gajos.


Por isso, xiu... ssussugadita! Não mexe, não respira!


terça-feira, junho 17, 2008

Retalhos da vida de uma GAJA


Dois ex-gajos (um mais ex que outro e outro mais GAJO do que gajo) encontram-se num curso de formação.

Um do Norte outro do Sul de Portugal, pertencentes ambos a mesma força policial (sim, tenho queda para as fardas), cruzam-se no centro do País e vêem, pela 1ª vez, a fronha do seu ex-rival.


Conversa tida nesse momento:


GAJO 1 - Desculpa, percebi bem? Tu chamaste B...?

Gajo 2 - Sim, porquê?

GAJO 1 - Eu sou o J...

Gajo 2 - Ahhhh... não estou a perceber onde queres chegar...

GAJO 1 - Conheces uma rapariga chamada Kikas?

Gajo 2 - Sim, conheço porquê? Tu também?

GAJO 1 - Conheço. Mas não é dessa maneira que pareces estar a pensar!


Ah Ah Ah Ah Ah Ah!!!!

Rebolei-me a rir!

sexta-feira, junho 13, 2008

Noruega... dá que pensar!

Dia após dia nos vemos confrontados com o decréscimo do nível de vida pelos consequentes aumentos dos nossos bens e serviços. Pedimos incessantemente ao Estado que nos valha e acuda. Mas... não nos caberá a nós mesmos, cidadãos de um estado democrático, fazer alguma coisa por isso?

Deixo-vos aqui um e-mail que recebi de um familiar, para vossa reflexão.

"Na Noruega, o HORÁRIO DE TRABALHO COMEÇA CEDO (às 8 horas) e ACABA CEDO (às 15.30). As mães e os pais noruegueses têm uma parte significativa dos seus dias para serem pais, para proporcionar aos filhos algo mais do que um serão de televisão ou videojogos. Têm um ano de licença de maternidade e nunca ouviram falar de despedimentos por gravidez."

"A riqueza que produzem nos seus trabalhos garante-lhes o maior nível salarial da Europa. Que é também, desculpem-me os menos sensíveis ao argumento, o mais igualitário. TODOS DESCONTAM UM IRS LIMPO E TRANSPARENTE que não é depois desbaratado em rotundas e estatuária kitsh, nem em auto-estradas (só têm 200 quilómetros dessas «alavancas de progresso»), nem em Expos e Euros."

"É tempo de os empresários portugueses constatarem que, na Noruega, a fuga ao fisco não é uma «vantagem competitiva». Ali, o CRUZAMENTO DE DADOS »DEVASSA» as contas bancárias, as apólices de seguros, as propriedades móveis e imóveis e as «ofertas» de património a familiares que, em Portugal, país de gentes inventivas, garantem anonimato aos crimes e «confundem» os poucos olhos que se dedicam ao combate à fraude económica."

"Mais do que os costumeiros «bons negócios», deviam os empresários portugueses pôr os olhos naquilo que a Noruega tem para nos ensinar. E, já agora, os políticos. Numa crónica inspirada, o correspondente da TSF naquele país, afiança que os MINISTROS não se medem pelas gravatas, nem pela ALTA CILINDRADA das suas frotas. Pelo contrário, ANDAM DE METRO, e não se ofendem quando os tratam por tu. Aqui, cada ministério faz uso de dezenas de carros topo de gama, com vidros fumados para não dar lastro às ideias de transparência dos cidadãos. Os ministros portugueses fazem-se preceder de batedores motorizados, poluem o ambiente, dão maus exemplos e gastam a rodos o dinheiro que escasseia para assuntos verdadeiramente importantes."

"Mais: os noruegueses sabem que não se «projecta o nome do país» com despesismos faraónicos, basta ser-se sensato e fazer da gestão das contas públicas um exercício de ética e responsabilidade. Arafat e Rabin assinaram um tratado de paz em Oslo. E, que se saiba, não foi preciso desbaratarem milhões de contos para que o nome da capital norueguesa corresse mundo por uma boa causa."

"Até os clubes de futebol noruegueses, que medem forças aos seus congéneres lusos em competições internacionais, NUNCA precisaram de pagar aos seus jogadores 400 SALÁRIOS MÍNIMOS POR MÊS para que estes joguem à bola. Nas gélidas terras dos vikings conheci empresários portugueses que ali montaram negócios florescentes. Um deles, isolado numa ilha acima do círculo polar Árctico, deixava elogios rasgados à «social-democracia nórdica». Ao tempo para viver e à segurança social." "Ali, naquele país, também há patos-bravos. Mas para os vermos precisamos de apontar binóculos para o céu. Não andam de jipe e óculos escuros. Não clamam por messias nem por prebendas. Não se queixam do «excessivo peso do Estado», para depois exigirem isenções e subsídios."

Sim, a Noruega é um dos melhores países da Europa para se viver. Mas os seus nativos fazem por isso também! Não há lá Tuguinhas (no sentido depreciativo do adjectivo)...

Sim, eu também sei que sou uma chata.

sábado, junho 07, 2008

Dia NIM...

Motivo para dia SIM: Joga a Selecção e estou aqui a fazer a contagem decrescente!

Motivo para dia NÃO: acabei de perceber que a minha mãe já não é o que era... a idade tornou-a esquecida de tudo. Inclusivamente dos valores que me ensinou... é triste.

quarta-feira, junho 04, 2008

Rapidinhas!

Chegou o dia dos portugueses perceberem como se podem tornar mais europeus (já que só o que se faz lá fora é que é bom...) e tomarem consciência do real preço do petróleo nas suas vidas.
Daí que há uns dias que ando a recolher estes apontamentos noticiosos, já que a minha criatividade para a escrita foi "ceifada" pela minha prof de Comunicação (ver 2 posts abaixo), e pelo que irei apenas comentar cada um deles, cá à minha moda.
Óspois, quem quiser atirar as suas postas de pescada, é à vontadinha, sim?
Porreiro, pá!
'bora lá, atão!
Quatro autarquias da região de Lisboa lançaram um desafio aos funcionários, propondo incentivos para se deslocarem para o trabalho apanhando boleia de colegas, uma alternativa que permite poupar no combustível e melhorar o ambiente, refere a «Lusa».
O sistema, conhecido pela palavra inglesa «carpooling», implica a partilha do automóvel entre pessoas que residem próximo e se deslocam para os mesmos sítios.
As quatro câmaras municipais (Barreiro, Lisboa, Loures e Odivelas), que apoiam o site www.carpool.com.pt, têm uma área personalizada para os seus funcionários, permitindo o registo de utilizadores limitado apenas a quem tenha um email da instituição, entre outras funcionalidades.
Para incentivar os colaboradores, as autarquias oferecem estacionamento gratuito nos parques municipais aos «carpoolers». Os Serviços Municipalizados de Transportes Colectivos do Barreiro (SMTCB) e a Fertagus dão aos aderentes a possibilidade de beneficiarem de lugar de estacionamento reservado e acesso privilegiado à estação. No entanto, o reduzido número de interessados impossibilitou a ideia de avançar.
Tugas, eu não sei qual é o vosso problema. Atão a malta não se anda sempre a queixar "Ah e tal, já não há quem aguente isto, o guito vai-se todo... qualquer dia tenho de ir ali pró Monsanto fazer umas horas extraordinárias para ter guito para a gasosa para ir trabalhar!" e depois surgem estas oportunidades e a malta marimba-se para elas? Eu já estou inscrita neste site p'raí há uns 3 meses e até agora não soube de mais ninguém que tivesse aderido apesar de saber que há vizinhos meus que utilizam o carro para ir até ao Metro (como eu) - pronto, ok, também não sou um GRANDE exemplo mas faço um esforço!
E esta autarquia do Barreiro também é burra! Foram poucos, certo, mas a coisa aos poucos vai-se compondo. De boca em boca, a coisa vai-se espalhando e como todos temos tendência para macaquinhos de imitação ("Eh pá, se o gajo tem eu também quero ter.... se o gajo faz, eu também quero fazer... SE A EUROPA FAZ, EU TAMBÉM QUERO FAZER...")
Continuação da mesma notícia:
O IKEA é talvez a primeira empresa em Portugal a pôr em prática um sistema similar. Fonte da empresa adiantou que muitos colaboradores aderiram já esta modalidade que está implícita na política da própria empresa.
Houve mesmo um caso em que «alguns colaboradores juntaram-se e compraram um carro para partilhar o transporte», adiantou a mesma fonte, acrescentando que estão a ser preparadas mais medidas no âmbito da responsabilidade social e ambiental da multinacional sueca.
in PortugalDiário, 04/06/08
Sabeis que o Sr. Ingvar Kamprad, dono da IKEA e, segundo a revista Forbes, com um património de quase 20.000 milhões de € anda de AUTOCARRO? E como ele há outros que tal. Ministros incluídos... dinamarqueses e holandeses que vão para o "trabalho" de... bicicleta! "Ah e tal mas a Europa é mais segura!" É, é... muuuuuuuiiiiiiiitttttttttoooooooo mais segura! Faz agora 8 anos que estive de estágio em Itália e, para onde quer que fosse em Pádua, ou ia de bicicleta ou de autocarro. Eu e mais de 50% da gente daquela cidade. Mas lá não vivem só italianos e estudantes de Erasmus. Está pejadinha de extra-comunes (extra-comunitários, como eles chamavam aos imigrantes de Leste e Marrocos) e as sirenes dos Carabinnieri não se calavam o dia todo!
Portanto, patrãozinho (meu e vosso) e "patrõezinhos" em geral, para vires da Avenida da Igreja até à Avenida da Liberdade não precisas tirar o Mercedes da garagem. Tens Metro à porta de casa e à porta do escritório. Por acaso tens mais de 20.000 milhões na conta como o patrão do IKEA? Não tens! E gostavas de ter, não gostavas? Atão deixa o c...... do carro em casa!
São os impostos e não os "cartéis" que põem o combustível mais caro. Relatório da Autoridade da Concorrência conclui que não há cartelização de preços. Ainda assim, ministro vai exigir à Galp que torne pública a estrutura de custos e proveitos dos combustíveis líquidos. Baixar IVA e ISP está fora de questão.
Este é um dos títulos de hoje do jornal METRO. Não me dediquei a transcrever na integra a notícia toda porque, com o meu comentário a seguir, isto não fica um post... fica um testamento!
Bem, por um lado não acredito muito que não hajam "cartéis". Isto porque a estrutura de abastecimento petrolífero é, se não me engano e corrijam-me faxavor se estiver enganada, 100% detida pela Petrogal. Ora falar em Petrogal é falar em Galp e pronto, está visto onde quero chegar. É verdade que as gasolineiras ditas "Marca Branca" fornecem combustível igual ao das "boas" marcas. Porquê é que têm, então, preços mais baixos? Porque reduzem os custos de exploração dos postos e optam por margens de lucro mais baixas. "Ah mas a gasolina é misturada com outros líquidos que não gasolina e que estragam o motor (água, dizem as vozes) e algumas avariam os manípulos de modo a que saia mais ar que combustível!" Não acredito nada na história da água na gasolina porque sei de alguém que abastece regularmente nas Marcas Brancas e nunca se lhe avariou o carro por isso. Tenho é várias experiências pessoais e de amigos de abastecimentos que rendem menos e, curiosamente, ocorreram na mesma bomba da GALP.
Quanto aos impostos, meus amigos, temos de viver com eles. É inevitável. Lembram-se de quando o Governo "amortecia" as oscilações do petróleo com €€ do Tesouro? Nessa altura o petróleo era bem mais baratinho e nós tinhamos um buraco orçamental gigante!!! Daí que agora estejamos a pagar pelos erros do passado e havemos de continuar a pagá-los, senão mudarmos algumas filosofias de vida e atitudes. Pois que o Governo é o grande culpado devido à enorme Despesa Pública, é verdade, mas no meu entender estamos a assistir a um remendar destas situações. Acontece é que com isto foram algumas centenas (milhares?) de funcionários públicos para a Mobilidade Especial, que é o mesmo que dizer, para o olho da rua.
Reduzir os impostos não é a solução, infelizmente, porque os preços não vão baixar na realidade. Essa diferença vai é engrossar as contas aos patrões! Pagar melhor salários com isso? Pois, pois...
Adiante... Espanha é mais barato, tem melhor nível de vida, e blábláblá... quem quiser ir que vá. Eu até me mudava para a fronteira mas não tenho oportunidade... se surgir não me chateio nadinha! Eu até gosto da parvalheira!
Outra (e última que já me dói os dedos!):
Buzinão regressou à ponte 25 de Abril
Associação Democrática de Utentes promove iniciativa contra aumento do preço dos combustíveis e pelo fim das portagens
in PortugalDiário, 02/06/08
Só escrevo o título da notícia porque, como disse, já me doem os dedos e vocês já estão fartinhos de me aturar.
Quando é que percebem que estes aumentos não vão parar? A vida está dificil, e muito, para luxos de ir de carro para o trabalho! A Margem Sul até nem está assim tão mal servida de transportes, pelo amor de Deus! Têm Metro de superfície, têm comboio e barco... por favor!
Vou dar-vos um exemplo prático, e real, de uma amiga minha que morava em Paio Pires e trabalhava no Rato. Com uma filha de 4 anos, entrava às 9h no trabalho. Para as voltas que precisava de dar com a miúda, ela saia de casa às 7h 45 (uma hora a que muita gente dos Cacéms e afins também sai de casa ou antes mesmo até, para fazerem o percurso de carro) e tinha que apanhar 3 transportes para chegar ao trabalho (autocarro, comboio, metro). Demorava 1h 10m a chegar ao trabalho. Ela agora vive em Londres (Europa, mais evoluído e melhor, não é?) e quanto tempo demora ela a chegar ao trabalho? .... 1h 15m... será confusão minha ou ela demora exactamente o mesmo tempo que demorava cá em Lisboa?
Pronto, por agora fico-me que vocês já devem estar cheínhos de mim!
Vou só descansar os dedos e já cá passo outra vez :-))))

segunda-feira, junho 02, 2008

Lembrete!

Porque nunca é demais relembrar que...


Matança de espírito

Tenho uma professora que me castra. Calma, calma! Sim, sou eu, A Kikas, ainda não estão com o neurónio queimado!
Castra-me a palavra, castra-me o discurso, castra-me a imaginação (ou o raciocínio, consoante me sinta mais feliz e aérea ou mais realista e pé-no-chão), castra-me a tentativa de proferir um discurso lógico...

E a castração é tão ou mais incompreensível sendo ela docente de uma licenciatura e de uma disciplina com algum teor de ensino de discurso coerente e querendo ensinar-nos a verbalizar ideias e aumentar a nossa cultura geral pela leitura da escrita de outros, laureados e muito, nestas artes da transmissão de pensamentos e ideias pelas palavras.

Não quero louros, não, nada disso! A minha escrita é aquilo que me flui pelos dedos, que me escorre pelas ideias, que se embrulha nos meus pensamentos (e que embrulhanços de vez em quando!). A minha escrita é o que sou e o que sou, muitas vezes, é um novelo de mim própria. Sou eu voltada para fora, vista do lado de dentro na perspectiva de um prisma olhado de todos os vértices ao mesmo tempo (bolas, miúda, faz lá o desenho que ninguém apanhou nada!)...

E se bem que tento usar a escrita para me desembrulhar dos meus novelos, torna-se mais difícil quando um professor de Expressão Escrita e Comunicação passa a vida a interromper e a criticar o que, para além de cortar a linha de pensamento, quebra a confiança no que se quer dizer. E, claro, Kikas em fúria, espicaçada como que com um ferro em brasa, amarra o burro e já não desenvolve (tem mau-feitio, a menina!)...

Ora se as ideias já são confusas, com estas constantes interrupções e cortes no discurso (escrito ou falado) fica difícil ser simples, concreta, concisa e explanativa. E eu (e vocês) continuamos na mesma: baralhados no contexto!

Sendo conhecida pelo meu mau-feitio, torno-me ainda mais irascível quando não me consigo desembrulhar das ideias e pensamentos, de forma simples e perceptível para os outros. E a fúria vai crescendo por não me conseguir fazer compreender... com alguém sempre a castrar-me o discurso, torna-se difícil adoçar o mau-feitio. Mordo a língua, as bochechas, mordo-me toda por dentro, só para não dar asas à pestinha que há em mim e perder a cadeira com algumas verdades à espreita na ponta da língua!

Não procuro ser um Saramago ou um Eugénio de Andrade, não quero ser um Pessoa ou um Camões. Procuro apenas arrumar ideias e saber partilhá-las. Procuro que compreendam a minha maneira de ser e de pensar e que deixem de olhar para mim como a razinza que está sempre do contra. Porque às vezes até concordo com os outros. Só não consigo é entender-me com eles...

E esta croma, em vez de me ajudar a verbalizar, corta-me a palavra e entope-me a boca destes pensamentos desalinhados!

Fiónix!

P.S.: apesar das semelhanças com outros posts de outros blogs, eu juro aqui de pés juntos (que me caia já uma placa de tecto falso no alto da pinha se estou a mentir) que este post é 100% meu! Tenho testemunhas que presenciaram a escritura deste alinhamento, e em papel, durante a aula de TCE :-))


quinta-feira, maio 29, 2008

The Story of Stuff

Interessante documentário, PARA TODA A FAMÍLIA, sobre o porquê das coisas e das economias de escala...


Criado por americanos e numa contundente auto-crítica à sociedade americana, só os próprios é que não se reconhecem como a nação mais imbecil do Mundo. À conta deles, o planeta vai submergir debaixo de milhões de toneladas de lixo.

Já ouviram falar na "Sopa de Lixo"?
São duas montruosas lixeiras flutuantes no Oceano Pacífico provocadas por americanos e asiáticos (sim, esses porcos poluídores como os americanos).

Mas sabem de quem é a culpa de serem tão poluidores? É de todos. Brancos, pretos, amarelos, vermelhos...

E mais não digo. Vejam o documentário e retirem as vossas próprias conclusões.

Se as nossas atitudes não mudarem, nem que seja um bocadinho, não chegaremos a avós para contar histórias aos netos!

Cliquem AQUI

sexta-feira, maio 23, 2008

Morreste-me...

Eugénio de Andrade escreveu.
Eu refaço-o, à minha imagem, pessoa e sentimento.


ADEUS
"Já GASTEI as palavras pela rua, meu amor,
e o que ME ficou não chega
para afastar o frio de quatro paredes.
GASTEI tudo menos o silêncio.
GASTEI os olhos com o sal das lágrimas,
GASTEI as mãos à força de as APERTAR,
GASTEI o relógio e as pedras das esquinas
em esperas inúteis."

"Meto as mãos na algibeira e não encontro nada.
Antigamente TINHA tanto para TE dar;
era como se todas as coisas fossem minhas:
quanto mais te dava mais tinha para te dar.
Ás vezes tu dizias: NÃO ÉS A OUTRA.
E eu acreditava.
Acreditava,
porque ao teu lado
todas as coisas eram possíveis."

"Mas isso era no tempo dos segredos,
era no tempo em que o teu corpo era O MEU ABRIGO,
era no tempo em que EU
ME DEIXEI ILUDIR NAS TUAS DOCES PALAVRAS.
Hoje NÃO HÁ PALAVRAS TUAS QUE ME ENVOLVAM
PORQUE SOU APENAS MAIS UMA IGUAL A OUTRAS."

"Já GASTEI as palavras.
Quando agora digo: meu amor,
já não se passa absolutamente nada.
E no entanto, antes das palavras gastas,
tenho a certeza
de que todas as coisas estremeciam
só de murmurar o teu nome
no silêncio do meu coração."

"Não TENHO já nada para te dar.
Dentro de ti
não há nada que me peça água.
O passado é inútil como um trapo.
E já te disse: as palavras estão gastas.
Adeus."


quinta-feira, maio 22, 2008

Inteligência... bruta!

Acho um piadão a estes testes.
Não porque precise de me identificar com eles ou que necessite de confirmações de testes de computador para me dizerem quem sou mas porque batem um pouco ao lado (até porque eu só irei dar ouvidos a opiniões alheias quando estiver disposta a isso; até lá, bem podem gastar o latim todo que eu vou sempre abanar a cabeça como aqueles cãezinhos de tablier de carro).

E porque é que venho agora com esta conversa filosófica? Porque o último teste deu-me vontade de rir!

Cá vai:

Resultado: 10 pontos

Você tem um nível de inteligência um pouco acima do normal. Provavelmente já desconfiava disso, mas agora está comprovado. Você está entres os 20% de pessoas com inteligência acima da média. Parabéns, pois falta pouco para se tornar um gênio.

Teste a Sua Inteligência

Oferecimento: InterNey.Net




Sim, ok, depois de um resultado destes, deveria ficar orgulhosa, certo?
Errado.

Inteligência não se avalia só pelo número que atinge o nosso QI.
Inteligente, para mim, é quem sabe viver a vida. Agarrar em todos os pormenores que a compõem, assimilar as mensagens que ela (a vida) e os outros lhe transmitem e VIVER.



Quem é inteligente, quando recebe esta sms: "Estás no direito de pensares o que quiseres. A outra? Não me parece. Sabes bem que te respeito e que me deixas "alterado" quando estás por perto." (11/02/06) percebe imediatamente que, o seu lugar é mesmo o de amante e ponto final.

Quem é inteligente, quando recebe esta sms: "Bom dia!!! Já são horas de ir fazer o exame... Boa sorte! Vai tudo correr bem :-) Beijos" (20/06/06) no dia do exame nacional de Sociologia, prova de ingresso ao Ensino Superior, e após 4 meses de "ponto final" numa história que nunca deveria ter acontecido, percebe que afinal o tal "ponto final" são meras reticências até ao capítulo que veio a seguir.

Quem é inteligente percebe porque é que passou a noite de aniversário dele, sozinha num hotel de 5 estrelas e, quando ele a convida para ir a um local especial, para se redimir de tamanha desconsideração, sabe logo que a especialidade está no tipo de alojamento: Motel.

Quem é inteligente percebe que nunca deveria ter esquecido que tem neurónios e que o Amor lhe tira a Razão.

Quem é inteligente sabe que, quando é acusada de ter desistido dele, percebe que é só uma frase cobarde e não há direito a sentimento de culpa.

E quem é inteligente também sabe que, há quem goste realmente de nós.
E também sabe que esconder e ser discreto, são antónimos de atitude e de respeito.



quarta-feira, maio 14, 2008

Omnipresente

Vinha eu esta manhã, sentadinha no Metro, a estruturar mentalmente o meu regresso ao meu blog (sim, porque não deixei de chatear a malta nos blogs alheios:-)) e chego aqui ao escritório e................ pufffffffffffffffffffffff..................... esqueci-me daquilo que os meus neurónios haviam regorgitado durante a viagem de 25 minutos!

Como vêem, apesar de ter passado um mês e um dia (não voltei ontem para não me confundirem com uma Aparição da Sr.ª de Fátima), o retiro bloguistico não fez grande efeito e mais vale continuar por aí a melgar-vos ocasionalmente, sendo que o impacto que sofrerão será menor :-))

Até porque vocês falam todos de coisas que me preocupam e interessam. Ele é aquecimento global, ele é segredos de alcova, ele é paixões partilhadas (de 2 e 4 pernas), ele é teorias sexuadas e assexuadas, enfim... ficava aqui um post inteiro a desfiar o meu rosário de preocupações quando mais fácil será dirigirem-se ali à coluna do vosso lado direito e escolher qual vos pareça melhor :-)

E prontos!
Tenho dito...
Como podem ver pela hora do post, estou atarefadíssima e não vos posso dedicar mais atenção :-)))))

Não é adeus, nã senhor, qué isso! Nada de suspirarem já de alivío, então? Esperem lá mais um bocadinho, se fizerem o obséquio! Ou mesmo que não o façam!

Como diz p'raí um slogan qualquer: até jááááááááááá!!!!!!!!!!!!!!!!

domingo, abril 13, 2008

Por onde ando?

Isso gostavam vocês de saber!
Bem, eu também!
É que ando por aí, perdida, sem rumo definido e sem destino traçado.
Vou andando, pronto.
Mas daqui a nada volto, vão ver.
É só atar aqui estas pontas soltas e já volto.
Com as ideias mais arrumadinhas e coisas novas para contar.

Hey, mas não se preocupem que está tudo bem, ok?
Sou só eu que ando com as ideias baralhadas :-)

segunda-feira, abril 07, 2008

Petição contra a implementação do acordo ortográfico da língua portuguesa de 1990 Petition

Petição contra a implementação do acordo ortográfico da língua portuguesa de 1990 Petition

Cá está, alguém já fez mais do que só queixar-se!
Passou à acção (que em português correcto escreve-se com um "c" antes do "ç" e mai nada!)

É favor subscrever, se és Português e assim queres continuar a ser!

sábado, abril 05, 2008

Este blog e a sua autora...

CAGAM (sem pedido de desculpas porque aqui fala-se Português a sério) no Acordo Ortográfico!

Fossem os Espanhóis a serem confrontados com uma destas e estava o flamenco armado! Vinha de lá el-rei D. Juan Carlos e "?Porqué no se callan, coños?"

Então mas qu'é isto??? Vamos passar a escrever brasileiro? Onde é que fica o Português, a língua-mãe, a versão original da nossa língua?

Quer dizer, um zilião de burros (os brasucas) não sabem o que dizem nem o que escrevem e NÓS, que durante séculos tentámos alfabetizar aquela cambada de índios ignorantes, vamos agora baixar os braços e deixarmo-nos ir na conversa deles?

Ou seja, nivelamos a coisa por baixo, porque é mais fácil escrever sem "c" e "p" antes dos "t" e passamos a ser uma cambada de analfabetos?

Não é suposto as civilizações progredirem? É sim senhor! Mas é APRENDENDO e não desaprendendo!

Volto a repetir EU CAGO NO ACORDO ORTOGRÁFICO e espero que o Vasco Graça Moura faça realmente alguma coisa de útil pela nossa Língua Materna na Assembleia da República porque eu sou PORTUGUESA e não BRASILEIRA!

sexta-feira, abril 04, 2008

Gajos, ponham-se a pau :-)

Esta semana ando possessa mas pelos vistos não devo ser a única já que, na Irlanda e conforme noticia o jornal SOL, na sua edição semanal, as questões das igualdades entre sexos andam na ordem do dia!

Gajos, ponham-se a pau! Ou se metem já na linha ou passaremos a ter a Lei a nosso favor! Eh eh eh

Projecto-Lei
Maridos que não ajudam em casa podem ser processados.
Maridos que não colaboram com as tarefas domésticas poderão ser processados pelas suas mulheres, propõe um projecto apresentado esta semana na Irlanda do Norte.

O projecto foi apresentado pela comissária para os Direitos Humanos da região, Monica McWilliams, e aguarda agora a votação em Parlamento.
A lei vai também considerar as tarefas domésticas iguais a qualquer outro trabalho, com direito a férias e horas extraordinárias.
«Todos os trabalhadores, inclusive aqueles que trabalham em casa ou num emprego informal, têm direito a repousar, distrair-se, fazer uma pause e ter um limite razoável de horas de trabalho», pode ler-se no projecto.
De acordo com o advogado britânico Austen Morgan, a cláusula contra os «parceiros preguiçosos» poderá ser usada por qualquer pessoa que acredite que os seus direitos são violados dentro de casa e «abre a possibilidade para os parceiros separados de invocar essa lei em casos de divórcio na Irlanda do Norte».

segunda-feira, março 31, 2008

Kikas à beira de um ataque de raivaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!

Beleza... essa qualidade tão efémera e, no entanto, tão ardentemente desejada e procurada, tão sofridamente conseguida (por algumas!) e tão instantânea quanto a idade o permita...



Beleza, essa qualidade sinónimo da Natureza e de tudo o que ela nos dá...




Ora, se a Mãe Natureza nos fez peludas porque raio temos nós que nos sujeitar aos caprichos dos gajos e sofrer que nem umas condenadas a fazer a depilação??????????????????????????????? Bolas!

sexta-feira, março 28, 2008

Today is "D" day!!!!

É hoje, finalmente!

São 13h45 e o meu coração já pula, o meu sorriso é tãi grande que já bate nos tímpanos e os meus pés querem sair porta fora e correr avenida acima e só parar no I08 do Campo Pequeno!!!

De Coimbra corre apressadamente uma apaixonada, do Porto já terá fugido também outro apaixonado e eu, mentalmente, já conto as pedras da calçada desta avenida, uma a uma...

Estou em pulgas!
Amanhã estarei em extâse :-))))))))))))))))

Apassionata, were we come!!!!

sexta-feira, março 14, 2008

"Mi cuerpo pide Salsa!"

E como isto da rotina é uma granda chatice e até gosto de umas novidades na minha vida, de vez em quando, para desenjoar, amanhã cá vou eu experimentar a louca da SALSA.

Vamos lá a ver é se não sou mesmo um grande pé de chumbo e dou uma monumental pisadela ao meu parceiro, que ao que parece, já percebe qualquer coisita daquilo ;-)

E, quem sabe, não irei arrasar nas pistas de dança este Verão?

É melhor começar já a treinar :-))


Amanhã, Nuno, lá iremos menearnos un poquito, ?verdad cariño? ;-)

segunda-feira, março 10, 2008

Apassionata Four Seasons

Campo Pequeno, 28 e 29 de Março!

E não preciso dizer mais nada, né?


http://www.youtube.com/watch?v=fBvXaRY2Cqs


(desculpem, têm que clicar, não consegui carregar o filme MAS VALE MESMO MUITO A PENA VER!)


Aqui fica um cheirinho da Tour 2006/2007 :-)

quinta-feira, março 06, 2008

Voltando ao estado natural :-(

Como eu já adivinhava, esta boa-vibe não ia durar muito... 3 dias, vá lá, nada mau para quem está 90% das vezes na mó de baixo.
Mas eu começo a ficar obviamente farta desta minha estupidez natural. E por mais que me esforce em por-lhe um ponto final, o mais que consigo são umas míseras reticências... e um mas ali pelo meio.
Para quando, à disposição nas farmácias e preferencialmente genérico (que eu não gosto de encher o cú a paneleiros) um anti-estúpidez? Já há tudo: anti-viral, anti-inflamatório, anti-mosquitos, porque não um anti-estupidez? Fica aqui a minha sugestão às farmacêuticas para um novo medicamento que, acredito, vá dar muitos bons resultados económicos, e mais ainda, sociais ao tornar muito boa gente (caso da je) uma pessoa mais lúcida e sociável.
Ou então, também sugiro que alguém largue um piano (como diria um visitante aqui desta barraca) do 12º andar quando eu for a passar na rua!
Não!
Melhor!
Uma orquestra INTEIRINHA!!!

segunda-feira, março 03, 2008

I'm feeling EMPOWERED!!!

Pois é, também há dias assim, em que me sinto...


LINDA

DESLUMBRANTE

ESPECTACULAR

FANTÁSTICA

PERFEITA

SEXY

ELEGANTE

CULTA

INTELIGENTE

CONFIANTE


Resumindo... O MÁXIMO!!!


Porquê? Sei lá porquê! Acordei assim!




P.S.: previsão psicológica para amanhã: vai ser um dia negro, muuiiittooo negro!
Querem uma aposta?
;-)

domingo, março 02, 2008

Mais uma etapa terminada :-)


Pois é, o 3º semestre de curso já terminou e amanhã inicia-se outro.
Aos poucos, as coisas vão andando. E quando der por isso, já terminou :-(

Este semestre foi particularmente atribulado. Mudança de emprego pelo meio, encontros e desencontros com pessoas com algum peso na minha vida, aproximações e afastamentos, enfim, uma data de coisas que me puseram a concentração e a capacidade de raciocínio um pouco abaixo do normal (a juntar a um cadeirão chamado GESTÃO FINANCEIRA que só de nome mete medo) mas lá se terminou mais um semestre, com as notas a reflectirem alguma apatia e desinteresse pelo meu próprio desenvolvimento pessoal.

Mas amanhã lá estaremos, forças revigoradas e mais uma etapa desta caminhada que, daqui a outras tantas etapas estará concluída e, espero eu, alcance o TAL resultado que há tanto procuro: a minha realização pessoal.

Outras coisas ficaram pelo caminho, pendentes, em pausa, à espera. Que eu tenha tanta coragem para as voltar a agarrar como me agarrei a isto ou que supere a minha eterna tendência para questionar se vale a pena ou não o esforço.

E apesar de todas as pauladas que mereça por aquilo que vou dizer a seguir, vou dizê-lo na mesma porque quem manda no meu blog sou eu (e mai nada): sinto a tua falta todos os dias e só faltas mesmo tu para tornar isto mais fácil, perfeito, completo...

Já enjoa, EU SEI!

domingo, fevereiro 24, 2008

Aprender a voar

O vídeo está incrivelmente desajustado à letra da música... mas enfim, o que conta é mesmo a letra :-)

And this is how I feel!!! That I need a lot to fly, to take my feets of the ground and fly in the wings of sweet feelings, those that make you feel butterflies in your tummy ;-))

.....

I'll spread my wings and I'll learn how to fly
I'll do what it takes till I touch the sky
Make a wish, take a chance, Make a change, and break away
Out of the darkness and into the sun
But I won't forget all the ones that I love
I'll take a risk, take a chance, Make a change, and break away

...


Kelly Clarkson Breakaway

sábado, fevereiro 16, 2008

E o meu dia 14 foi assim...

Nos braços de um Valentim de formas herculianas, pele macia como seda, aroma de canela e baunilha, boca doce e aveludada, beijos de paixão intensa que te levam à profundidade magnânima dos teus sentidos, um calor que te alucina e te faz desejar despir a tua própria pele... uma noite que te leva à loucura e ao deseja de entrar no seu corpo e serem só um... um único ser, uma única alma... agora e sempre...


Sim, foi assim. Nos meus sonhos...

quinta-feira, fevereiro 14, 2008

A todos desejo.....

Glitter Graphics


P.S. 1 - M & M, aqui tens o post tão desejado ;-))
P.S. 2 - Atenção aos diabetes :-)))))))))))))))


domingo, fevereiro 03, 2008

Solidão

Só.

Sinto-me só.
É isso mesmo, sinto-me sozinha, à parte.
Não acreditam? Mas é isso mesmo, não se admirem, sinto-me mesmo só.
Porquê?
Porque sim, porque sou assim, solitária, eremita, mulher das cavernas.
Um ser difícil de se conviver com.
Uma pessoa de muito fortes convicções e certezas.
Alguém que, quando gosta, ama demais.
Alguém que, quando não gosta, odeia.
Alguém de verdades absolutas e não meias-verdades ou que apenas vê um só lado da questão.
Sou de extremos e os extremos levam à solidão, ao isolamento, à reserva em estabelecer novos contactos.
Alguém que tem medo e vergonha do que diz.
Alguém que não gosta do que é.
Alguém que já não tem um outro alguém que lhe diga que não é o que pensa que é.
Alguém que quer esquecer o passado mas que o tem sempre a bater à porta e não sabe nem porquê nem para quê.


Sempre vivi na minha ilha. Tentei sair dela para fora e nadei no mar de incertezas que a rodeavam mas descobri que, tanto fisica como psicológicamente, eu não sei nadar e voltei atrás, onde ainda tinha pé, à minha ilha, onde me sentia segura.
Mas aqui não há nada nem ninguém. O que havia em tempos já não há. Ao contrário de mim, sabiam nadar.
E eu fiquei aqui mais uns tempos a ver o mar e a tentar perceber como nadar. Voltei a enfiar-me no mar, mais uma vez, mas quase me afoguei e percebi que ainda não aprendi a nadar.
Estou de volta à ilha e só. Cada vez mais só.
E sem vontade de voltar a tentar nadar porque ainda me lembro de quando quase me afoguei.


segunda-feira, janeiro 28, 2008

Oh não......................

Recados Para Orkut - RecadosOnline.com

.... ninguém merece :-(((((

sábado, janeiro 26, 2008

Não há leitinho!!!

Com tanta vaca que por aí anda a pastar, como é que isto é possível?


Ou será que as vacas também já fazem greve?

LOL

sexta-feira, janeiro 25, 2008

segunda-feira, janeiro 21, 2008

O expoente máximo do Belo ou...

"A História da Beleza", de Umberto Eco, adaptado ao Mundo Equestre.


Despertada que foi a minha paixão pelos cavalos, voltei às minhas pesquisas e a mergulhar neste mundo, há 6 anos colocado de lado, bem no fundinho do meu pensamento e ainda mais para o fundo do meu coração.


Mas como sou masoquista e gosto de me ver a sofrer (a minha vida nem teria cor nem sabor se não fosse cheia de tristezas) e não estou bem comigo mesma se não tiver o meu passado presente, pus-me a remexer em sites e a "actualizar-me" relativamente ao Mundo Equestre, mais precisamente, no que diz respeito ao Puro-Sangue Lusitano, uma das minhas raças preferidas.


Nessa procura, deparei-me com estes 2 magníficos animais, que vos apresento: Pino (cavalo de pelagem Isabel - o mais claro, para os leigos, :-)) e o Sal.


Ao olhar para estas 2 maravilhas da Natureza, pensei: Foi esta a inspiração de Umberto Eco no seu "História da Beleza"...


São simplesmente... APAIXONANTES!






Pax de Deux em liberdade? Espectacular! Nunca tinha visto!!!