domingo, setembro 09, 2007

McCann e o circo mediático


Desde há 4 meses que não se fala de outra coisa. Todos os dias os canais informativos abrem os seus serviços noticiosos com mais um passo da Familia McCann e a sua pseudo-dor causada pelo desaparecimento da filha.

Peço desculpa aos mais inocentes e crédulos mas não vos parece que isto já é demais? Sim, este circo mediático, estas dclarações à imprensa, estas idas ao Vaticano... não vos parece que eles estão a tentar desviar as atenções de sobre eles próprios?
Esta semana foram ambos formalmente acusados da morte da criança (aleluia...) e caiu o carmo e a trindade em Inglaterra. Olha que porra (sorry), não são eles que têm dezenas de crianças desaparecidas, cujos casos foram dados como perdidos? Quem são eles para virem questionar a nossa Polícia Judiciária, uma das melhores do Mundo (hã, do Mundo não é da Europa) e os métodos utilizados? O que é que a Scotland Yard, tão boa que ela é, fez de relevante para solucionar este caso? Até os cães que farejaram o"rasto de morte" na roupa da mãe McCann pertencem a uma organização privada!
Isto tudo já chateia! Hoje de manhã, a primeira coisa que vi quando liguei a TV foi a transmissão em directo da chegada deles a Inglaterra. Mas onde é que nós estamos? Quem são estes gajos para terem estas atenções todas? Com que direito têm eles mais atenção do que a mãe do Rui Pedro, do Rui Pereira, da Rita Slof Monteiro...
Já ninguém me convence de que eles sejam inocentes... mesmo que se prove que a criança está viva e que foi raptada, não estão isentos de culpas, ao terem deixado as crianças sozinhas.
Agora se a criança está mesmo morta, como acredito, e se se provar que foram eles que a mataram... meus amigos, o melhor castigo para tanta falta de vergonha, era deixá-los à mercê da população do Mundo que se sentisse ultrajada e enganada por estes seres.

4 comentários:

Miguel F. Carvalho disse...

"melhor castigo para tanta falta de vergonha, era deixá-los à mercê da população do Mundo que se sentisse ultrajada e enganada por estes seres." - parece-me um bocado excessivo para quem certamente defenderá um Estado de direito democrático, não?

"Esta semana foram ambos formalmente acusados da morte da criança" - atenção que eles foram apenas constituídos arguidos no processo e não foram ainda acusados do que quer que seja...

agora, é lógico que se isso acontecer é uma bofetada a todos aqueles que os levaram ao colo durante todos estes meses (mass media, população, Vaticano, Ronaldo, Beckham, mãe do Harry Potter,....)

Kikas disse...

Miguel,

constituí-los arguidos é o mesmo que acusá-los!

Não te esqueças do caso da Joana...

Dar-lhes 1 enxerto de porrada era o que eles mereciam! Um estado de direito deixa-os ir... para Inglaterra, para a casinha deles, impunes e ainda com direito a transmissão em directo, tal qual gente importante... tristeza este estado de direito, não é?

Miguel F. Carvalho disse...

não, não houve acusação... são suspeitos... e existe sempre o princípio de presunção de inocência até prova em contrário...

a transmissão em directo é culpa dos media...

Daniela disse...

reforço o que disse no blog do miguel, isto tudo já cheira mal, já cansa, já aborrece...
O mediatismo que se criou á volta deste caso é excessivo e deplorável!!

bjs